Atendimento: (11) 5539-4337 / 3586-0355

Desenvolvimento Pessoal – Conheça a diferença entre Empatia e Simpatia

Desenvolvimento pessoal abrange a evolução das habilidades pessoais e dos próprios potenciais, contribuindo com a construção do conhecimento humano e facilitando a empregabilidade, melhorando a qualidade de vida e contribuindo para a realização de sonhos e aspirações.

O desenvolvimento pessoal abrange toda a vida de um contexto organizacional, o desenvolvimento humano refere-se aos sistemas de métodos, programas, ferramentas e técnicas de avaliação que suportam o desenvolvimento humano no nível individual nas organizações.

O desenvolvimento pessoal pode incluir as seguintes atividades:

  •         Melhorar a autoconsciência;
  •         Melhorar o autoconhecimento;
  •         Melhorar ou desenvolver novas habilidades;
  •         Construção ou renovação da identidade ou autoestima;
  •         Desenvolvimento de pontos fortes;
  •         Melhorar o estilo ou qualidade de vida;
  •         Melhorar a saúde;
  •         Definir e executar planos de desenvolvimento pessoal
  •         Melhor as habilidades sociais.

(Fonte: wikipedia)

O constante esforço próprio no desenvolvimento pessoal, amadurece também habilidades e competências nas relações profissionais e comerciais do indivíduo. Favorece melhorias de relações e a capacidade de “usar o chapéu” de seu cliente. E são pessoas que fazem isso, não empresas.

Muito se debate em cima do que é empatia, e do que é ser empático, e a maioria das pessoas singelamente define empatia como a habilidade de colocar-se no lugar do outro. Porém, a empatia é algo um pouco mais profundo.

Empatia significa a capacidade psicológica para sentir o que sentiria uma outra pessoa caso estivesse na mesma situação vivenciada por ela. Consiste em tentar compreender sentimentos e emoções, procurando experimentar de forma objetiva e racional o que sente outro indivíduo.

Com origem no termo em grego empatheia, que significava “paixão”, a empatia pressupõe uma comunicação afetiva com outra pessoa e é um dos fundamentos da identificação e compreensão psicológica de outros indivíduos.

A empatia leva as pessoas a ajudarem umas às outras. Está intimamente ligada ao altruísmo – amor e interesse pelo próximo – e à capacidade de ajudar. Quando um indivíduo consegue sentir a dor ou o sofrimento do outro ao se colocar no seu lugar, desperta a vontade de ajudar e de agir seguindo princípios morais.

A capacidade de se colocar no lugar do outro, que se desenvolve através da empatia, ajuda a compreender melhor o comportamento em determinadas circunstâncias e a forma como o outro toma as decisões.

Ser empático é ter afinidades e se identificar com outra pessoa. É saber ouvir os outros, compreender os seus problemas e emoções. Quando alguém diz “houve uma empatia imediata entre nós”, isso significa que houve um grande envolvimento, uma identificação imediata.

O contato com a outra pessoa gerou prazer, alegria e satisfação. Houve compatibilidade. Nesse contexto, a empatia pode ser considerada o oposto de antipatia.

Para sermos empáticos, precisamos praticar estas cinco diretrizes:

1)   Avaliar sua perspectiva em relação ao outro

2)   Conectar-se emocionalmente com a outra pessoa

3)   Saber reconhecer as emoções

4)   Saber respeitar a opinião alheia

5)   Avaliar a sua disposição de ajudar

6)   Saber ter uma comunicação real com o outro.

Já a Simpatia, é um sentimento de afinidade que atrai e identifica as pessoas, é uma tendência instintiva que leva o indivíduo a estabelecer uma harmonia com o outro, permitindo a criação de laços de amizade.

Simpatia é a capacidade que as pessoas têm de participar das emoções alheias, podendo variar entre a mera aceitação e compreensão dos sentimentos do próximo e a completa identificação dos próprios estados emotivos com o do outro.

São sinônimos de simpatia: inclinação, afeição, afinidade, tendência e atração.

Simpatizar pode ser uma relação de atração ou inclinação que algo ou mesmo uma ideia exerce sobre alguém, ou seja, o ato de gostar de alguma coisa que despertou seu interesse.

Ter simpatia é ser amistoso, ser agradável, ser educado, é demonstrar gentileza e amabilidade para com o outro.

A empatia é diferente da simpatia, porque a simpatia é maioritariamente uma resposta intelectual, enquanto a empatia é uma fusão emotiva.

Enquanto a simpatia indica uma vontade de estar na presença de outra pessoa e de agradá-la, a empatia faz brotar uma vontade de compreender e conhecer outra pessoa.

(Fonte: significados)

Use e abuse da sua simpatia e construa empatia com os clientes e interlocutores.

Uma nova postura pessoal, pode determinar a construção de relações fortes e duradouras com os clientes, tornando a gestão de pessoas e consequentemente você pode apoiar e construir uma gestão de benefícios para os seus clientes muito mais efetiva.

Boa semana. Separe uma hora de sua agenda por semana, para praticar o desenvolvimento pessoal.

 

By : Consultor Moltrio /dezembro 05, 2017 /Sem categoria /0 Comment

Achou esta informação útil? Deixe um comentário abaixo, queremos saber a sua opinião.

Comments are closed.